Artigos

Opicinus de Canistris: Ontem e hoje

Opicinus de Canistris: Ontem e hoje


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Opicinus de Canistris: Ontem e hoje

Por Guy Roux

Confinia Psychopathologica, Vol.1: 1 (2011)

Introdução: Opicinus de Canistris (1296-1352) é um sacerdote medieval que viveu no século XIV. Ele escapou da Lombardia para chegar a Avignon, a nova sede do papado. O primeiro estudioso que estudou suas obras de desenhos originais e excêntricos e escritos obscuros foi Richard G. Salomon, nomeado pelo Warburg and Courtauld Institute nos anos vinte. Na década de 1950, Ernst Kris o considerava um esquizofrênico. Opicinus é o primeiro criador de mapas antropomórficos dos países ao redor do Mediterrâneo, e o primeiro cartógrafo psicótico e escritor imaginativo no campo histórico da Psicopatologia da Expressão. Suas obras são uma fonte ilimitada de observações sobre a transmissão de mitos e arquétipos.

Simone Weil acredita que, “Muitos estudiosos, exceto em sua própria especialidade, são tacanhos e pouco educados e, se eles se interessam por qualquer coisa fora de seu trabalho científico, é muito raro para eles colocarem mentalmente esse interesse em relação ao seu interesse pela ciência. ”

Essa crença abrupta e potencialmente descortês pode ser encontrada em um comentário de Eugen Drewennann (Psicanálise e exegese) sobre o xamanismo, na ocasião em que a loucura já está presente: “Essa impressão de loucura”, diz ele, “que as práticas xamanistas produziram em observadores europeus, embora tenha vindo mais de seu mal-entendido do que do absurdo dos medicamentos indígenas ... ”

Se o que não conseguimos compreender nos leva à loucura, então onde nos deixa a expressão gráfica e plástica da loucura, uma vez que a própria loucura é considerada incompreensível?


Assista o vídeo: Caminhos do Cuidar - Saúde e Bem-estar - Encontro 3 - Grupo 3 (Julho 2022).


Comentários:

  1. Claus

    Eu confirmo. Concordo com tudo dito acima. Podemos nos comunicar sobre este tema.

  2. Doron

    Não dizer que é mais.

  3. Welby

    Por favor, mais detalhes

  4. Nisus

    É uma pena que eu não possa falar agora - não há tempo livre. Serei liberado - definitivamente expressarei minha opinião.

  5. Gervase

    Mmm. Eu concordo totalmente.

  6. Stilwell

    uau, que uuuuuuuuuu)))



Escreve uma mensagem