Artigos

Batalha de Bentonville, 19-21 de março de 1865

Batalha de Bentonville, 19-21 de março de 1865


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Batalha de Bentonville, 19-21 de março de 1865

A maior batalha durante a marcha de Sherman pelo coração da Confederação (Guerra Civil Americana). Depois de marchar de Atlanta até a costa e depois pela Carolina do Sul sem encontrar oposição séria, na Carolina do Norte os confederados finalmente lutaram.

Em 23 de fevereiro, o comando das forças confederadas na Carolina do Norte foi entregue ao general Joseph Johnston. Ele comandou uma força de cerca de 21.000 homens, para enfrentar os 60.000 de Sherman. No entanto, Sherman estava avançando em uma frente ampla, na esperança de repetir seu sucesso na Carolina do Sul. Lá, ele ameaçou Augusta e Charleston, antes de eventualmente empurrar entre eles para capturar a capital do estado em Columbia. Isso dividiu as forças confederadas no estado e as forçou a recuar sem lutar.

Agora Johnston estava determinado a atacar. Ele esperava tirar vantagem da ampla frente de Sherman atacando uma ala do exército da União e destruindo-a antes que o resto do exército pudesse reforçá-la. Em 16 de março de 1865, parte do exército de Johnston encontrou a ala esquerda federal em Averasborough. Embora seu exército tenha sido forçado a recuar pelo avanço da União, a batalha confirmou que a ala esquerda federal estava, se não estivesse realmente isolada, poderia pelo menos ser vulnerável a um ataque determinado.

Conseqüentemente, Johnston reuniu a maior parte de seu exército e, em 19 de março, lançou um ataque a sangue-frio contra o avanço da ala esquerda federal. Ele tinha julgado bem. Durante a tarde de 19 de março, a esquerda federal teve que lutar sozinha. Depois de tanto tempo sem batalha, as tropas federais quase foram surpreendidas pelo ataque confederado. A ala direita do exército estava cerca de trinta quilômetros mais a leste. As notícias dos combates em Bentonville não chegaram a Sherman, que agora estava com a ala direita, até a noite de 19 de março. Ele ordenou imediatamente uma marcha noturna e, durante a noite de 19 de março e a maior parte do dia 20 de março, a direita federal correu em socorro da ala esquerda.

Quando começaram a chegar, na tarde de 20 de março, a batalha estava efetivamente ganha. Os ataques dos confederados tiveram algum sucesso inicial, mas com o passar da tarde de 19 de março, a posição da União foi fortalecida, enquanto a força dos confederados começou a enfraquecer. Na manhã seguinte, Johnston não teve forças para renovar seus ataques. Em 20 de março, nenhum dos lados lutou muito. As tropas da União trabalharam para fortalecer sua posição e aguardaram reforços. Não está totalmente claro para este autor por que Johnston permaneceu na posição. A cada momento que ele esperava, o resto do exército da União se aproximava. Assim que Sherman chegasse, havia um perigo muito sério de que todo o exército de Johnston fosse capturado.

Isso quase aconteceu em 21 de março. Em grande desvantagem numérica, Johnston enfrentou um ataque frontal do exército da União unida, combinado com um ataque de flanco em sua ala esquerda, que ameaçou isolá-lo. Sua asa esquerda quase entrou em colapso. No entanto, ele foi liberado por Sherman, que não reforçou o ataque bem-sucedido e, em vez disso, convocou-o de volta. Sherman mais tarde descreveu isso como um erro, mas na época muitos sentiram que ele estava se contendo de propósito. Sherman não gostava de uma batalha em grande escala e, neste estágio final da guerra, ele não queria desperdiçar a vida de suas tropas. Ele sempre argumentou que a destruição dos recursos dos confederados era a melhor maneira de acabar com a guerra, e sua marcha pelas Carolinas foi um longo caminho para provar que ele estava certo. Os restos do exército de Johnston poderiam ter pouco ou nenhum efeito no resultado da guerra. Os eventos provaram que ele estava correto. Em três semanas, Lee se rendeu e a guerra praticamente acabou. O exército de Johnston não desempenhou nenhum papel adicional no que restou da luta.


Pessoas Quase Escolhidas

A vida da Confederação estava diminuindo rapidamente, mas ainda tinha soldados dispostos a lutar por ela, como foi amplamente demonstrado na batalha de Bentonville, Carolina do Norte, travada de 19 a 21 de março de 1865.

Em desvantagem numérica de 60.000 a 21.000, a única esperança de vitória do General Joseph Johnston & # 8217s era atacar uma parte do exército de Sherman & # 8217s e derrotá-lo. Seguindo para Goldsboro, Sherman fez seu exército marchar em dois grupos, uma ala esquerda sob o comando do general Henry Slocum e uma ala direita sob o comando do general O. O. Howard. Em 19 de março de 1865, Slocum encontrou as tropas entrincheiradas de Johnston. Pensando que tinha oposição apenas da cavalaria, Slocum atacou e foi repelido. À tarde, Johnston atacou e foi inicialmente bem-sucedido, derrotando duas divisões da União. A luta continuou até meia-noite, com os reforços da União parando o ataque dos confederados e os confederados retirando-se para suas linhas.

Em 20 de março, Howard se juntou a Slocum e apenas escaramuças leves ocorreram.

Em 21 de março, Sherman interrompeu um ataque que, em retrospecto, ele lamentou ter interrompido, já que poderia muito bem ter levado a uma ação geral que pode ter terminado na destruição da força de Johnston & # 8217s.

Johnston teve sorte e os confederados lutaram com habilidade, mas os resultados da batalha demonstraram a futilidade de lutar contra uma força tão superior numericamente. Johnston perdeu 2.600 homens, quase dez por cento de sua força, enquanto Sherman teve 1604 baixas que diminuíram sua força quase nada.

Uma das baixas confederadas destacou as infinitas tragédias da guerra. No dia 21, Willie Hardee, filho de 16 anos do Tenente General Confederado William Hardee, foi mortalmente ferido. Seu pai relutantemente concordou algumas horas antes de seu ferimento ao filho servindo na elite da Oitava Cavalaria do Texas, popularmente conhecido como Terry & # 8217s Texas Rangers, seu filho desesperado para ver a ação antes do fim da guerra. A morte de Willie e # 8217 foi lamentada pelo General O.O. Howard, que comandava a ala direita de Sherman & # 8217, era amigo de Hardee em West Point e era o tutor de Willie.

Aqui estão os comentários de Sherman & # 8217s sobre a batalha em suas memórias:

Permaneci com esta asa até a noite do dia 18, quando estávamos a vinte e sete milhas de Goldsboro & # 8217 e cinco de Bentonsville e, supondo que todo o perigo havia passado, cruzei para me juntar à coluna Howard & # 8217s, à direita , para ficar mais perto dos generais Schofield e Terry, conhecido por estar se aproximando de Goldsboro & # 8217. Ultrapassei o general Howard na Igreja Falling-Creek e descobri que sua coluna estava bem desenhada, devido às estradas ruins. Eu tinha ouvido algumas conversas sobre o chefe de coluna do Slocum & # 8217s, e suponho que isso indicasse a mesma medida de oposição das tropas Hardee & # 8217s e da cavalaria de Hampton & # 8217s antes experimentada, mas durante o dia um mensageiro me alcançou e me notificou que perto de Bentonsville, o General Slocum se chocou contra todo o exército de Johnston. Mandei de volta ordens para que ele lutasse defensivamente para economizar tempo, e que eu iria buscar reforços na direção da ponte Cog & # 8217s, perto da estrada que havíamos alcançado perto da Igreja Falling-Creek. O país era muito obscuro e os mapas extremamente defeituosos.

Com esse movimento, esperava que o General Slocum mantivesse o exército de Johnston e # 8217 voltado para o oeste, enquanto eu viria em sua retaguarda do leste. O Décimo Quinto Corpo, menos uma divisão (Hazen & # 8217s), ainda bem na retaguarda, foi imediatamente virado para Bentonsville. A divisão Hazen & # 8217s foi ordenada para o flanco de Slocum & # 8217s, e ordens também foram enviadas para o General Blair, com o Décimo Sétimo Corpo , para chegar ao mesmo destino. Nesse ínterim, o som de canhão veio da direção de Bentonsville.

A noite do dia 19 nos pegou perto da Igreja Falling-Creek, mas na manhã seguinte o décimo quinto Corpo, General CR Woods & # 8217s divisão líder, fechou em Bentonsville, perto da qual foi trazido ao encontrar uma linha de parapeito fresco, cruzando o estrada e se estendendo para o norte, em direção a Mill Creek.

Após o desdobramento, ordenei ao general Howard que procedesse com a devida cautela, usando escaramuçadores apenas, até que ele fizesse a junção com o General Slocum, à sua esquerda. Esses desdobramentos ocuparam todo o dia, durante o qual também se levantaram duas divisões do Décimo Sétimo Corpo. Naquela época, o exército do General Johnston & # 8217s ocupava a forma de um V, o ângulo alcançando a estrada que conduzia de Averysboro & # 8217 a Goldsboro & # 8217, e os flancos descansando em Mill Creek, suas linhas abraçando a vila de Bentonsville.

A ala do General Slocum & # 8217s enfrentou uma dessas linhas e o General Howard & # 8217s a outra e, na incerteza da força do General Johnston & # 8217s, não me senti disposto a convidar uma batalha geral, pois tínhamos saído de Savannah desde esta última parte de janeiro, e nossos vagões continham pouca comida. Também recebi mensagens durante o dia do General Schofield, em Kinston, e do General Terry, no Faison & # 8217s Depot, abordando Goldsboro & # 8217, ambos esperando chegar até 21 de março. Durante o dia 20, simplesmente nos mantivemos firmes e iniciamos nossos trens de volta a Kinston para as provisões, que seriam necessárias no caso de sermos forçados a travar uma batalha geral em Bentonsville. No dia seguinte (21) começou a chover de novo e ficamos quietos até cerca do meio-dia, quando o General Mower, sempre precipitado, rompeu a linha rebelde em seu flanco esquerdo extremo e estava avançando direto para Bentonsville e a ponte que cruzava Mill Creek . Ordenei que ele voltasse para se conectar com seu próprio corpo e, para que o inimigo não se concentrasse nele, ordenei que toda a linha rebelde se engajasse com um forte fogo de escaramuça.

Acho que cometi um erro e deveria ter seguido rapidamente a liderança do Mower & # 8217 com toda a ala direita, o que teria causado uma batalha geral, e não poderia ter resultado de outra forma senão com sucesso para nós, por causa de nossa números muito superiores, mas no momento, pelas razões apresentadas, preferi fazer a junção com os generais Terry e Schofield, antes de enfrentar o exército de Johnston & # 8217, cuja força era totalmente desconhecida. No dia seguinte, ele partiu e recuou em Smithfield e, com as estradas todas desobstruídas, nosso exército mudou-se para Goldsboro & # 8217. O combate mais pesado em Bentonsville foi no primeiro dia, viz., 19, quando o exército de Johnston & # 8217s atingiu a cabeça das colunas de Slocum & # 8217s, derrubando a divisão de Carlin & # 8217s, mas, assim que o General Slocum trouxe o resto de o Décimo Quarto Corpo em linha, e depois o Vigésimo à sua esquerda, ele recebeu e repeliu todos os ataques e se manteve firme conforme ordenado, para aguardar a volta da ala direita. Sua perda, conforme relatado, foi de nove oficiais e cento e quarenta e cinco homens mortos, oitocentos e dezesseis feridos e duzentos e vinte e seis desaparecidos. Ele relatou ter enterrado cento e sessenta e sete mortos rebeldes e capturado trezentos e trinta e oito prisioneiros.

A perda da ala direita foi de dois oficiais e trinta e cinco homens mortos, doze oficiais e duzentos e oitenta e nove homens feridos e setenta desaparecidos. O general Howard relatou que havia enterrado cem rebeldes mortos e capturado mil e duzentos e oitenta e sete prisioneiros.


Estruturas Históricas
The Harper House (ca. 1855) é mobiliado como um hospital de campanha da Guerra Civil. O local também inclui uma cozinha reconstruída e uma senzala.

Centro de Visitantes
O centro de visitantes apresenta um programa audiovisual de 10 minutos explicando os eventos que antecederam a Batalha de Bentonville. O centro também exibe artefatos do campo de batalha e mapas do movimento das tropas durante os três dias de combate.

Trilhas, monumentos, exposições ao ar livre
As características incluem uma trilha de 1/4 de milha ao longo das trincheiras da reserva Federal XX Corps, o cemitério da família Harper, uma vala comum dos confederados, o monumento da Carolina do Norte, o monumento do Texas, o monumento Goldsboro Rifles (ca. 1893) e uma fortificação de campo Exibir.

Acessibilidade para deficientes
O centro de visitantes é totalmente acessível. A Harper House e os anexos têm degraus e são acessíveis com ajuda.

Instalações para piquenique
As mesas estão disponíveis no local.

Loja de presentes
Uma loja de presentes está localizada no centro de visitantes com itens relacionados a Bentonville e a Guerra Civil.


Mapa Batalha de Bentonville, 19 de março de 1865. 2ª posição

Os mapas nos materiais das Coleções de mapas foram publicados antes de 1922, produzidos pelo governo dos Estados Unidos, ou ambos (consulte os registros do catálogo que acompanham cada mapa para obter informações sobre data de publicação e fonte). A Biblioteca do Congresso está fornecendo acesso a esses materiais para fins educacionais e de pesquisa e não tem conhecimento de qualquer proteção de direitos autorais dos EUA (consulte o Título 17 do Código dos Estados Unidos) ou quaisquer outras restrições nos materiais da Coleção de Mapas.

Observe que a permissão por escrito dos proprietários dos direitos autorais e / ou outros detentores dos direitos (como publicidade e / ou direitos de privacidade) é necessária para distribuição, reprodução ou outro uso de itens protegidos além do permitido pelo uso justo ou outras isenções legais. A responsabilidade por fazer uma avaliação legal independente de um item e garantir todas as permissões necessárias, em última análise, recai sobre as pessoas que desejam usar o item.

Linha de crédito: Biblioteca do Congresso, Divisão de Geografia e Mapas.


Batalha de Bentonville

O maior envolvimento de terras da Guerra Civil na Carolina do Norte, a Batalha de Bentonville ocorreu entre 19 e 21 de março de 1865 na zona rural do Condado de Johnston. O encontro foi uma das últimas tentativas da Confederação de derrotar o exército da União antes que o Sul capitulasse. Com relatos de que o exército de 60.000 homens do major-general William T. Sherman marchava em direção a Goldsboro em duas colunas, o general Joseph E. Johnston concentrou cerca de 21.000 homens perto da comunidade de Bentonville. Seu objetivo era derrotar a ala esquerda da União antes que ela pudesse ser reforçada pela direita. Johnston, portanto, esperava impedir ou atrasar a junção de Sherman com as forças federais do major-general John M. Schofield em Goldsboro.

A cavalaria confederada lutou com as tropas federais em 18 de março, impedindo seu avanço enquanto Johnston se movia em direção a Bentonville vindo de Smithfield e Averasboro. Em 19 de março, Johnston implantou suas tropas em uma formação em forma de foice ao longo e acima da estrada de Goldsboro. À esquerda estava o comando do general Braxton Bragg, a Divisão de Hoke, que incluía os jovens de 17 e 18 anos das Reservas Júnior da Carolina do Norte, era a maior brigada do exército de Johnston. À direita estavam as tropas lideradas pelo tenente-general William J. Hardee, a maioria deles veteranos do Exército do Tennessee.

Na manhã de 19 de março, a cavalaria confederada foi novamente atacada por forrageadores da União que avançavam, mas os repeliu. Às 7:00 da manhã, a ala esquerda da União sob o comando do major-general Henry W. Slocum começou a avançar, mas logo encontrou a mesma cavalaria confederada que havia paralisado os detalhes de coleta. Agindo com base em um falso relatório de que a principal força confederada estava perto de Raleigh, a ala esquerda da União afastou a cavalaria e então ficou sob fogo pesado. Depois que os confederados repeliram um ataque de investigação da União, três desertores vestidos de cinza passaram pelas linhas da União e informaram a Slocum que ele estava enfrentando todo o exército de Johnston. Sem se deixar enganar, Slocum decidiu cavar e convocar reforços, uma parte dos quais chegou por volta das 14h00. Nas palavras de Johnston, o envio de tropas "consumiu um tempo cansativo", de modo que o ataque confederado não começou antes das 15h15. Um oficial do Sindicato afirmou que "o avanço das linhas rebeldes era como as ondas do oceano, irresistíveis". A esquerda federal quebrou e caiu para trás em confusão. Em vez de aproveitar as lacunas nas linhas federais restantes, as unidades confederadas tentaram um ataque frontal ou ficaram desorganizadas e não conseguiram atacar. Durante os ataques, no entanto, novas tropas da União vieram ao seu encontro. Reforços também apoiaram a esquerda federal em colapso, que havia recuado para uma posição ancorada por quatro baterias da União Europeia. Depois que vários ataques determinados não conseguiram mover os defensores federais, os confederados voltaram às suas linhas originais ao pôr-do-sol.

Quando a notícia da batalha chegou a Sherman no final de 19 de março, ele enviou a ala direita da União, sob o comando do major-general Oliver O. Howard, para apoiar Slocum. Johnston reimplantou suas linhas em um V para evitar ser flanqueado e para guardar sua única rota de retirada. Às 16h00 em 20 de março, a maior parte da direita da União havia chegado a Bentonville. Johnston foi forçado a implantar a cavalaria em seus flancos para dar a aparência de uma frente forte. Incerto sobre a força de Johnston, Sherman decidiu contra um ataque geral e, em vez disso, ordenou que seus subordinados investigassem a linha defensiva confederada. O comandante federal esperava que Johnston recuasse sob o manto da escuridão, mas o amanhecer do dia seguinte revelou que os confederados ainda mantinham suas trincheiras.

Houve escaramuças mais intensas em 21 de março, apesar do início de fortes chuvas. Durante a tarde, um ataque da União quase cortou a linha de retirada de Johnston antes de ser repelido por um contra-ataque confederado montado às pressas. Os rebeldes, portanto, escaparam de Bentonville principalmente porque Sherman não lançou um ataque geral. Naquela noite, os confederados se retiraram, removendo o maior número possível de feridos, e voltaram para Smithfield. A cavalaria do tenente-general Wade Hampton recebeu ordens para cobrir a retirada, engajando-se em uma intensa escaramuça com as forças da União. O total de vítimas em Bentonville foi 1.527 federais e 2.606 confederados. Após a batalha, Sherman retomou a marcha da União em direção a Goldsboro, chegando lá em 23 de março.

John G. Barrett, A Guerra Civil na Carolina do Norte (1963).

Barrett, Marcha de Sherman pelas Carolinas (1956).

Mark L. Bradley, Última Resistência nas Carolinas: A Batalha de Bentonville (1996).


Batalha de Bentonville, 19-21 de março de 1865 - História

"Se as forrageadoras não conseguiram abrir o caminho, nada menos do que uma brigada precisaria tentar." - Tenente Allan H. Dougall, Ajudante, 88º Indiana, ganhador da Medalha de Honra da brigada de Hobart por salvar a bandeira do 88º da captura na Batalha de Bentonville.

Alvorecer
Braxton Bragg, com a Divisão de Hoke, move-se para o sul do vilarejo de Bentonville para Cole's Plantation e toma posição bloqueando a Goldsboro Road.

6:00 da Manhã.
Sherman, o comandante da ala esquerda H. W. Slocum e o comandante do XIV Corps Jeff C. Davis conversam na interseção das estradas Smithfield-Clinton e Goldsboro. Confiante em chegar à Ponte de Cox no final da tarde, Sherman se prepara para se mover para o sul para se juntar à ala direita federal conforme ela avança em Goldsboro. Tiros escaramuçados vêm do leste, e Davis expressa sua opinião de que o XIV Corpo de exército "provavelmente encontrará mais do que a oposição de cavalaria usual". O ajudante de Davis, A. C. McClurg, ouve a resposta de Sherman: "Não, Jeff, não há nada lá além da cavalaria de Dibbrell [sic]. Retire-os do caminho. Bom dia. Encontro você amanhã de manhã na Ponte de Cox." McClurg mais tarde se lembrará de que "três dias ainda nos separavam da Ponte de Cox".

7:00 da manhã.
A divisão de Carlin (Primeira, XIV A.C.) assume o avanço, movendo-se para o leste na Goldsboro Road.

9:00 da manhã.
Depois de uma marcha de seis milhas, a Divisão de Hardee's Corps de McLaws chega a Bentonville e cai para descansar.

10:00 da manhã.
O avanço de Carlin (a brigada de Hobart) empurra elementos da cavalaria confederada de Dibrell de uma linha de barricadas ferroviárias a leste da Fazenda Morris. Ao chegar a Cole House, a ala de Briant da brigada de Hobart recebe artilharia e fogo de armas pequenas da Divisão de Hoke e é forçada a lutar para se proteger. Carlin implanta para limpar a estrada.

Enquanto Carlin luta com a Divisão de Hoke, o Exército do Tennessee (Stewart) está constantemente se posicionando ao norte.

11.00 da manhã.
A divisão de Morgan (segundo, XIV A.C.) é enviada para a frente para ajudar Carlin.

Enquanto Morgan se move à direita da divisão de Carlin, Slocum fica preocupado com a demora em limpar a estrada. Ele envia sua primeira mensagem para Sherman:

A ameaça confederada é considerada meramente "cavalaria com algumas peças de artilharia".

12h00
Carlin lança um ataque de investigação para desenvolver a posição inimiga. A brigada de Miles é facilmente repelida pela Divisão de Hoke. Na Fazenda Cole, as brigadas de Buell e Hobart (Asa de Briant) são repelidas com pesadas baixas. Ao sul da Goldsboro Road, a divisão de Morgan continua se posicionando à direita de Carlin. Existe uma lacuna perigosa entre as alas separadas da brigada de Hobart, com Briant's Wing ao norte da Goldsboro Road e Fitch's Wing ao sul da estrada.

Bragg implora por reforços após o ataque de Carlin, o que levou Johnston a despachar a Divisão McLaws (agora chegando após a implantação dos homens de Stewart) para a esquerda confederada. A ausência de McLaws vai esgotar em um quarto a força de ataque que Johnston está reunindo na Fazenda Cole.

Após a repulsa do ataque federal de sondagem, Slocum fica sabendo da presença e das intenções de Johnston por meio de três prisioneiros do sul ("Yankees Galvanizados" anteriormente pertencentes ao exército federal). "Há uma força muito grande em sua frente", diz Slocum, "tudo sob o comando de Joe Johnston."

12h45
Wade Hampton disse a Johnston: "Stewart escreveu agora mesmo que o inimigo o atacou. Taliaferro [do Corpo de exército de Hardee] está entrando. Acho que tudo o que fizermos deve ser feito rapidamente. Um avanço da linha os quebraria, eu acho."

13:00.
A bateria de Webb (19º Indiana) é implantada à esquerda da ala de Fitch da brigada de Hobart, fazendo com que a bateria de Scovel (C, 1º Illinois) se mova mais para a esquerda.

1:30 da tarde.
Slocum, agora percebendo que enfrenta séria oposição, implora a Sherman: "Estou convencido de que o inimigo está em forte força na minha frente... Devo fortalecer minha posição e sentir suas linhas, mas espero que você suba pela esquerda retaguarda com grande força. "

14h00
Slocum acentua suas 13h30. despacho para Sherman: "É relatado pelos prisioneiros que Johnston e Hardee estão aqui. Acho que uma parte da ala direita deve ser trazida para a frente de uma vez."

A vanguarda do Federal XX Corps (brigada de Hawley da Primeira Divisão de Jackson) chega à Fazenda Morris em algum momento depois das 14h00.

Na linha atrás de Hawley, a brigada de Robinson continua para o leste até Cole's Farm e é direcionada para preencher a lacuna entre Fitch e Briant. Robinson se posiciona ao longo de uma ravina rasa, sem fazer conexão em nenhum dos flancos com as tropas de Carlin. Quando dois de seus regimentos são chamados de volta à Fazenda Morris, Robinson nota a linha malformada de Carlin, cuja esquerda é lançada ao longo da encosta norte de uma ravina profunda e arborizada.

Toda a infantaria de Johnston está agora em campo e se preparando para atacar o inimigo. Johnston coloca William J. Hardee no comando do ataque que se aproxima. Por sugestão do comandante William Bate, Hardee dirige a Divisão de Taliaferro para estender a força de ataque Confederada para a direita - para flanquear a posição de Buell. Hardee planeja lançar um ataque às 14h45.

Carlin ignora um aviso do tenente William Ludlow (chefe dos engenheiros de Slocum) para redistribuir sua linha ao sul da ravina, para uma nova posição à esquerda de Robinson. "[Por estar confiante em minha capacidade de manter minha posição até que as tropas na retaguarda subam", relatou Carlin, "decidi não recuar, mas tomei medidas para fortalecer meu flanco esquerdo contra os movimentos do inimigo [Taliaferro] nessa direção. " Em vez de forçar o inimigo a atacar através deste grande obstáculo geográfico, o próprio Carlin está prestes a ser pego dentro dele. O desastre se aproxima para os federais desavisados.

Mapa da Batalha da Guerra Civil de Bentonville

Mapa do campo de batalha de Bentonville

"A batalha mais terrível que já imaginei... Foi a cena mais terrível que já testemunhei." - Capitão G. B. Gardner, Correio, equipe do Tenente-General William J. Hardee.

14h45
Hardee lança um ataque em grande escala com o Exército do Tennessee e a Divisão de Taliaferro.

À esquerda da divisão federal de Carlin, as tropas de Buell e Briant (Hobart) são enviadas cambaleando para trás em direção à Fazenda Morris. As fileiras de Carlin são punidas severamente enquanto negociam a margem sul da ravina cercada que antes protegia os homens da artilharia de Hoke. Com sua posição tornada insustentável pela fuga da divisão de Carlin, Robinson puxa seu comando de volta sob fogo para a Fazenda Morris.

Taliaferro passa sem oposição além do flanco esquerdo de Buell.

Ao sul da Goldsboro Road, a metade direita da linha de Carlin (Fitch e Miles) desaba em direção à posição de Morgan. As tropas confederadas sob Hill e Loring descem rapidamente sobre a bateria de Webb, capturando três armas. A quarta arma e a equipe da bateria são direcionadas para a estrada e salvas por Pvt. Peter Anderson, 31ª Infantaria de Wisconsin.

3:00 da tarde.
A brigada de Cogswell da divisão de Ward (Terceiro, XX A.C.) chega à Fazenda Morris e se forma na reserva.

15h15
Quando a batalha irrompe na frente de Carlin, o 13º New Jersey de Hawley e o 82º Illinois (Robinson) são enviados para prolongar a linha de Hawley para a direita. Enquanto as tropas de Carlin voltam derrotadas da Fazenda de Cole, os dias 13 e 82 tentam em vão reunir seus camaradas em fuga. Embora alguns permaneçam na linha, o corpo principal da divisão de Carlin passa para a retaguarda em desordem, terminando o dia como uma força de combate eficaz.

Para ajudar a fornecer um ponto de encontro, Selfridge vira para o sul e desdobra-se na Goldsboro Road.

Tendo voltado para a Fazenda Morris, Robinson assume posição do outro lado da estrada em frente a Selfridge.

Ao sul da estrada, a brigada de Mitchell (Morgan) luta para manter uma frente em direção ao inimigo enquanto as fileiras em fuga de Fitch e Miles são empurradas para suas linhas. Mitchell forma uma saliência de ângulo agudo (voltado para o norte), ancorada à direita pelo 34º Illinois e à esquerda pelo 121º Ohio. Entre os dois regimentos de Mitchell estão elementos desorganizados de Fitch e Miles, muitos dos quais continuam a fluir fora de ação em direção a um pântano ao sul.

3:30 da tarde.
A brigada de Fearing (da divisão de Morgan) é empurrada para a esquerda de sua posição de reserva para conter a maré do avanço dos Confederados. O medo colide com as tropas da Hill's Corps, que agem pesadamente em sua frente e no flanco direito. O 52º Ohio e o 86º Illinois quebram sob a pressão e a linha de Fearing desmorona, caindo em desordem para o sul e oeste.

Na Fazenda Morris, a bateria de Stephens (C, 1º Ohio) é enviada para a linha do XX Corps.

Mapa da Batalha da Guerra Civil de Bentonville

Mapa do campo de batalha de Bentonville

"Fomos tão pressionados que nosso general [Mitchell] nos disse para tarar [sic] nossa 'bandeira' e pisá-la no chão antes de nos rendermos. Richmond ou algum outro 'porto marítimo' rebelde [mas] nós os açoitamos tanto que eles não sabiam de onde vieram. " - William Kemp, 98º Ohio, brigada de Mitchell, na luta abaixo da Goldsboro Road.

15:45
A divisão confederada de McLaws está a caminho da Fazenda Cole, tendo sido retirada da posição de Bragg pelo general Hardee. Johnston lamenta ter enviado McLaws a Bragg no início da batalha. O desperdício da força de McLaws, que estava ociosa na frente de Bragg, prova ser um erro tático irreversível para os confederados.

16:00.
A Divisão de Hoke finalmente se junta à luta, avançando na posição formidável de Morgan nos pântanos abaixo da Goldsboro Road.

À esquerda de Morgan, a Brigada de Colquitt atinge o ângulo na linha de Mitchell. Este ataque, junto com o avanço contínuo das tropas de Hill, envia a saliência do norte de Morgan para trás em derrota em direção aos pântanos ao sul. Quando a saliência do norte cai, o 34º Illinois permanece firme, preservando o ângulo e em grande medida a segurança da posição de Morgan.

Na frente de Vandever, uma confusa luta corpo-a-corpo se segue quando o 60º Illinois e o 14º Michigan surgem à frente em um contra-ataque ao avanço de Hoke. A floresta densa, o terreno pantanoso e a fumaça enjoativa de pólvora tornam as formações de batalha organizadas difíceis de manter. No corpo a corpo 40º, a Carolina do Norte da Holanda perde suas cores para o Cpl. George Clute, da 14ª Infantaria de Michigan.

Tendo tirado a brigada de Fearing de ação, as tropas do comando de Hill entram na lacuna resultante e mudam para o leste em direção à retaguarda da linha de Morgan. Desorganizados de sua batalha contra o Medo, os homens de Hill avançam em grupos desconectados. Neste momento crítico para os confederados, o avanço de Hill começa a perder ímpeto.

Às 16h00 O general Jeff C. Davis está pedindo reforços para fortalecer as linhas do XIV Corps. A brigada XX Corps de Cogswell é despachada para a direita federal e, tropeçando nos pântanos, surge no flanco direito e na retaguarda dos homens de Hill enquanto eles atacam a retaguarda da linha de Morgan.

Com o avanço de Hill atrás deles, os homens de Morgan, tendo repelido a Divisão de Hoke, são forçados a pular para o lado oposto de seus parapeitos para enfrentar este novo ataque confederado. Tendo acabado de retornar de seu contra-ataque a Hoke, o 60º Illinois e 14º Michigan investem para o oeste, colidindo com a linha de Hill onde o 14º captura as cores da 54ª Brigada da Virgínia de Palmer. Os dias 17 de Nova York e 10 de Michigan também se juntaram ao ataque federal e, com o avanço de Cogswell, qualquer esperança de sucesso dos confederados abaixo da estrada rapidamente se evapora. Os homens de Hill são oprimidos e forçados a recuar ao norte da Goldsboro Road. A divisão de Morgan se mantém, apesar dos ataques inimigos de três lados.

A União e os Exércitos Confederados em Bentonville

Mapa do campo de batalha da Batalha da Guerra Civil de Bentonville

16:30 - Crepúsculo
Cogswell move-se à esquerda e à retaguarda da brigada de Mitchell e se torna fortemente envolvido com o comando de Loring e a Brigada de Pettus. Esta ação se desenvolve em um compromisso prolongado, com ambos os lados lutando até bem depois do anoitecer. Cinco canhões federais abaixo da estrada chovem tiros de longo alcance e bombardeiam as unidades rebeldes que enfrentam Cogswell.

Às 16h30 a batalha pela Fazenda Morris está em andamento, enquanto a Divisão de Taliaferro enfrenta o Federal XX Corps. A Brigada de Elliott é rapidamente repelida pela artilharia da União e um fogo de flanco em ângulo reto dos 13º regimentos de Nova Jersey e 82º de Illinois. A Brigada de Rhett e os veteranos do Exército do Tennessee de Bate conseguem arar em uma série de ataques caros à posição de Robinson.

Quando os ataques de Taliaferro começam, o 143º New York emerge de sua posição de reserva atrás de Hawley. Diante do inimigo que ataca, o 143º avança para se juntar à esquerda da linha de Robinson. Esta é uma manobra oportuna para os Federados, já que um ataque subsequente da Brigada de Rhett chega a 30 metros dos homens de Robinson, que estão deitados atrás de obras de metrô leve. A linha oscila e começa a se quebrar no centro. Este é o ponto alto para os confederados em Bentonville. Nesta crise de engajamento, o tenente-coronel Hezekiah Watkins, 143º de Nova York, toma o assunto em suas próprias mãos e intimida os homens de Robinson de volta à linha. As tropas de Taliaferro e Bate são punidas severamente pelas baterias federais concentradas (16 canhões ao norte da estrada), todas as quais se juntam à Bateria C de Stephens, 1º Ohio, durante os ataques confederados. O último ataque ocorre ao pôr do sol, e a linha federal na Fazenda Morris se mantém.

Durante esta ação, o restante da divisão de Ward chega e se posiciona à esquerda de Hawley. A cavalaria de Kilpatrick também chega e se concentra na esquerda federal.

Enquanto a batalha se intensifica, McLaws, tendo chegado à Fazenda Cole, envia três brigadas para a frente. A Brigada de Conner (Kennedy) alivia o comando de James Jackson abaixo da Goldsboro Road ao anoitecer. O envolvimento de Kennedy com a brigada de Cogswell continua após o anoitecer na floresta de pinheiros em chamas até cerca de 20h00

A Brigada da Divisão de McLaws de Harrison avança além da posição de Bate após o pôr do sol, tarde demais para ajudar.

Elementos de Fitch e Miles, fora de combate desde o ataque do Exército do Tennessee, dirigem-se à Fazenda Morris para se juntar aos remanescentes da divisão de Carlin.

Depois de escurecer, a brigada de Hardy da Divisão de McLaws faz um ataque fraco a um destacamento do 121º Ohio, encerrando a ação em 19 de março.

Mapa das tropas sindicais e confederadas em Bentonville

Exército da União contra Exército Confederado

9:00 da noite. - Meia-noite
Johnston's Confederates begin pulling back to their original starting positions, as the engagement of March 19 ends in a tactical draw.

At 9:00 p.m. Wade Hampton instructs Gen. Joseph Wheeler, whose cavalry force is stationed several miles to the west, guarding the Smithfield-Clinton Road:

Sources: North Carolina Office of Archives and History Condensed from Moore, Mark A. Moore's Historical Guide to the Battle of Bentonville . Da Capo Press, 1997 104 pp 36 maps. Used with permission.


Stop 42: Battle of Bentonville March 19- 21, 1865 Historical Marker

At Bentonville, General William T. Sherman’s Union army, advancing from Fayetteville toward Goldsboro, met and battled the Confederate army of General Joseph E. Johnston. General Robert E. Lee had directed the Confederates to make a stand in North Carolina to prevent Sherman from joining General U. S. Grant in front of Lee’s army at Petersburg, Virginia.

Johnston had been able to raise nearly 30,000 men from South Carolina, Alabama, Mississippi, Tennessee, and eastern North Carolina. His army included a galaxy of generals: two full generals fourteen major generals and many brigadier generals. Ahead of Sherman with his force, he looked for an opportunity to strike.

Sherman’s army of 60,000 men was divided into two wings: 30,000 men in the Left Wing marching via Averasboro and Bentonville, and 30,000 men in the Right Wing marching on a parallel route to the southeast. Sherman’s North Carolina objective was Goldsboro, where 40,000 additional troops and fresh supplies would reinforce and nourish his weary army.

The three-day battle ended in a stalemate. After an initial success on the first day, the Confederates were unable to destroy the united Federal Left and Right Wings (60,000 men) and on the night of March 21-22 they withdrew. The Union Army, anxious to reach Goldsboro, did not pursue.

Troops involved: 85,000 to 90,000

Casualities Killed Wounded Missing
Confederado 239 1,694 673
União 304 1,112 221
Total 543 2,806 894

Total killed, wounded, and missing: 4,243

The Battle of Bentonville was important because it was: 1) the only major Confederate attempt to stop Sherman after the Battle of Atlanta, August, 1864 2) the last major Confederate offensive in which the Confederates chose the ground and made the initial attack and 3) the largest battle ever fought on North Carolina soil.

The Harper House, residence in which John and Amy Harper raised their eight children, has been restored on the battleground. This home was used during the battle as a Union hospital and after the battle as a Confederate hospital. In the Confederate Cemetery are buried 360 soldiers. The museum and 6,000-acre battleground are open for tours on a regular schedule.


Mapa Battle of Bentonville, March 19, 1865. 1st position

Os mapas nos materiais das Coleções de mapas foram publicados antes de 1922, produzidos pelo governo dos Estados Unidos, ou ambos (consulte os registros do catálogo que acompanham cada mapa para obter informações sobre data de publicação e fonte). A Biblioteca do Congresso está fornecendo acesso a esses materiais para fins educacionais e de pesquisa e não tem conhecimento de qualquer proteção de direitos autorais dos EUA (consulte o Título 17 do Código dos Estados Unidos) ou quaisquer outras restrições nos materiais da Coleção de Mapas.

Observe que a permissão por escrito dos proprietários dos direitos autorais e / ou outros detentores dos direitos (como publicidade e / ou direitos de privacidade) é necessária para distribuição, reprodução ou outro uso de itens protegidos além do permitido pelo uso justo ou outras isenções legais. A responsabilidade por fazer uma avaliação legal independente de um item e garantir todas as permissões necessárias, em última análise, recai sobre as pessoas que desejam usar o item.

Linha de crédito: Biblioteca do Congresso, Divisão de Geografia e Mapas.


Battle of Bentonville

Johnston's Confederates checked Sherman's Union army, March 19-21, 1865. Historic site 2½ Mi. E.

Erected 1907 by Department of Archives and History. (Marker Number H 1.)

Tópicos Este marcador histórico está listado nesta lista de tópicos: Guerra, Civil dos EUA. A significant historical date for this entry is March 19, 1865.

Localização. 35° 16.927′ N, 78° 21.499′ W. Marker is in Bentonville, North Carolina, in Johnston County. Marker is at the intersection of U.S. 701 and Harper House Road (County Route 1008), on the left when traveling south on U.S. 701. Touch for map. Marker is in this post office area: Newton Grove NC 28366, United States of America. Toque para obter instruções.

Outros marcadores próximos. At least 8 other markers are within 3 miles of this marker, measured as the crow flies. Sherman (here, next to this marker) Union Hospital (approx. 2.3 miles away) a different marker also named Union Hospital (approx. 2.4 miles away) Confederate Hospital (approx. 2.4 miles away) Federal Earthworks (approx. 2.4 miles away) a different marker also named Battle of Bentonville (approx. 2.4 miles away) Union Headquarters (approx. 2.4 miles away) Bentonville Battlefield (approx. 2.4 miles away). Touch for a list and map of all markers in Bentonville.


The Battle of Bentonville

March 19, 1865 – General Joseph E. Johnston’s makeshift Confederate army moved to crush the left wing of Major General William T. Sherman’s Federal army outside Bentonville before the right wing could come up in support.

Sherman’s left wing was led by Major General Henry W. Slocum, and it consisted of XIV and XX corps, with Brigadier General H. Judson Kilpatrick’s cavalry in support. The Federals had camped within five miles of the Confederate line on the 18th and resumed their forward march the next morning, with Major General Jefferson C. Davis’s XIV Corps in the lead.

Johnston had about 18,000 infantrymen from various commands, along with Lieutenant General Wade Hampton’s cavalry. The Confederates blocked the Federals’ path to Goldsboro, where Sherman hoped to join forces with Major General John Schofield’s Army of North Carolina. Johnston looked to take on XIV Corps, which was about the same size as his force, before XX Corps or Sherman’s right wing could reinforce it.

The Federals advanced near dawn and quickly ran into Hampton’s cavalry in front of the main Confederate line. Skirmishing ensued, but Slocum did not think it was too serious. A staff officer informed Sherman that Slocum’s “leading division had encountered a division of rebel cavalry, which he was driving easily.” Satisfied there was no danger, Sherman rode off to join his right wing, about a half-day’s march to the east.

Meanwhile, the skirmishing intensified and both sides brought up artillery. The Confederates began deploying for battle, but they moved slowly because there was only one viable road from Bentonville to the field. General Braxton Bragg’s division under Major General Robert F. Hoke held the Confederate left, while Lieutenant General Alexander P. Stewart’s corps from the Army of Tennessee held the right. Lieutenant General William Hardee’s command was slated to come up between Hoke and Stewart, but he was running late. Major General Benjamin F. Cheatham’s corps from the Army of Tennessee was also on its way.

Slocum sent a message to Sherman assuring him that no reinforcements were needed. He then ordered Davis’s XIV Corps forward to meet the threat. Brigadier General William P. Carlin’s division led the advance, but they were hit by unexpectedly heavy volleys from Hoke’s Confederates and forced to fall back. One officer said, “I tell you it was a tight spot… (we) stood as long as man could stand… (then) we run like the devil.” Carlin’s men quickly built breastworks that one officer said “saved Sherman’s reputation.”

Davis soon learned from Confederate prisoners that this was more than just an isolated Confederate unit Johnston was making a stand with his whole army. According to Slocum, Davis “informed me that General Johnston had, by forced marches, concentrated his army in my front that it was understood among the rebel soldiers that this force amounted to 40,000 men they were told that they were to crush one corps of Sherman’s army.” Slocum therefore “concluded to take a defensive position and communicate with the commanding general.”

The Federal advance was stopped by 1:30 p.m., as the troops fortified themselves and Slocum called on XX Corps, led by Brigadier General Alpheus Williams, to hurry to the front. Williams’s men began arriving around 2 p.m. and took positions to the left of XIV Corps.

On the Confederate side, Hardee’s troops began arriving around 2:45 p.m., with Hardee taking command of the right wing. Johnston then ordered a general assault. Colonel Charles W. Broadfoot from Hoke’s command described the scene: “It looked like a picture and at our distance was truly beautiful… But it was a painful sight to see how close their battle flags were together, regiments being scarcely larger than companies and a division not much larger than a regiment should be.”

The Confederates crumpled the Federals’ left flank, which had not yet been fully manned by XX Corps. They nearly captured Carlin and overran a Federal field hospital. As they continued forward, Major General D.H. Hill’s Confederates began enfilading the rest of the Federal line. However, the attack was not coordinated well enough to break the Federal defenses.

A second phase of the battle began when Hoke’s Confederates attacked the Federal right, which was isolated due to the left having been crumpled. Vicious fighting took place, with one Army of Northern Virginia veteran later stating that “it was the hottest infantry fight they had been in except Cold Harbor.” The Federal line seemed about to break, but reinforcements arrived just in time to repel the attackers.

Hampton wrote that Bragg, “fearing he could not maintain his ground, applied for reinforcements. General Johnston at once determined to comply with this request, and he directed Hardee to send a portion of his force to the support of Hoke. This movement was in my judgment the only mistake committed on our part during the fight…”

A third phase began when the Confederates on the right renewed their assault on the crumpled flank. Hardee committed two divisions in a heavy attack near the Harper house. Johnston later wrote of Hardee:

“He then made the charge with characteristic skill and vigor. Once, when he apprehended the difficult, Hardee literally led the advance. The Federals were routed in a few minutes, our brave fellows dashing successively over two lines of temporary breastworks, and following the enemy rapidly, but in good order.”

But troops from XX Corps came up and checked the Confederate advance. Hardee committed a third division and launched five separate assaults after 5 p.m., but none could break the Federal line. A North Carolinian remembered that nowhere “in the battle of Gettysburg (was) as hot as that place.” Slocum reported, “The enemy was repulsed at all points along our line, but continued his assaults until a late hour in the evening.”

Nightfall ended the fighting. Johnston concluded that the enemy force had been “greatly increased,” even though Sherman’s right wing had not yet arrived. He reported:

“After burying our dead and bringing off our own and many of the Federal wounded, and three pieces of artillery… we returned to our first position. The impossibility of concentrating the Confederate forces in time to attack the Federal left wing while in column on the march, made complete success also impossible, from the enemy’s great numerical superiority.”

After midnight, the Confederates fell back to their original position behind Mill Creek and built defenses. Meanwhile, the Federals set up makeshift hospitals to tend to the wounded, and a witness recalled:

“A dozen surgeons and attendants in their shirt sleeves stood at rude benches cutting off arms and legs and throwing them out of the window where they lay scattered on the grass. The legs of the infantrymen could be distinguished from those of the cavalry by the size of their calves.”

During the night, couriers hurried to Sherman’s headquarters and delivered the news that a major battle had been fought. One of Sherman’s staff officers recalled:

“At about half past nine, one of General Slocum’s aides came up at a dashing pace, and, throwing himself from his horse, asked for General Sherman. We all gathered round, and listened attentively, as he told the particulars of the battle. The commander-in-chief would have made a good subject for Punch or Vanity Fair. He had been lying down in General Howard’s tent, and hearing the inquiry for him, and being of course anxious to hear the news of the fight, he rushed out to the camp-fire without stopping to put on his clothes. He stood in a bed of ashes up to his ankles, chewing impatiently the stump of a cigar, with his hands clasped behind him, and with nothing on but a red flannel undershirt and a pair of drawers.”

“I sent back orders for him to fight defensively to save time, and that I would come up with reénforcements from the direction of Cox’s Bridge, by the road which we had reached near Falling-Creek Church. The country was very obscure, and the maps extremely defective. By this movement I hoped General Slocum would hold Johnston’s army facing west, while I would come on his rear from the east…”


Mapa Battle of Bentonville, March 19, 1865.

Os mapas nos materiais das Coleções de mapas foram publicados antes de 1922, produzidos pelo governo dos Estados Unidos, ou ambos (consulte os registros do catálogo que acompanham cada mapa para obter informações sobre data de publicação e fonte). A Biblioteca do Congresso está fornecendo acesso a esses materiais para fins educacionais e de pesquisa e não tem conhecimento de qualquer proteção de direitos autorais dos EUA (consulte o Título 17 do Código dos Estados Unidos) ou quaisquer outras restrições nos materiais da Coleção de Mapas.

Observe que a permissão por escrito dos proprietários dos direitos autorais e / ou outros detentores dos direitos (como publicidade e / ou direitos de privacidade) é necessária para distribuição, reprodução ou outro uso de itens protegidos além do permitido pelo uso justo ou outras isenções legais. A responsabilidade por fazer uma avaliação legal independente de um item e garantir todas as permissões necessárias, em última análise, recai sobre as pessoas que desejam usar o item.

Linha de crédito: Biblioteca do Congresso, Divisão de Geografia e Mapas.


Assista o vídeo: Driving in Bentonville Downtown (Junho 2022).


Comentários:

  1. Okes

    Peço desculpas, mas, na minha opinião, você não está certo. Estou garantido. Vamos discutir isso. Escreva para mim em PM, vamos conversar.

  2. Akinobar

    Absolutamente com você concorda. Nele algo também é considerado excelente.

  3. Derell

    I am finite, I apologize, but this answer doesn't get me up. As variantes ainda podem existir?

  4. Jooseppi

    Você está absolutamente certo. Há algo nisso e acho que é uma ideia muito boa. Eu concordo completamente com você.

  5. Mamdouh

    Você chegou ao local.Há algo nisso e acho que é uma ideia muito boa. Eu concordo completamente com você.

  6. Voodooshura

    Muito controverso, mas há algo para se pensar

  7. Salhdene

    É a peça divertida



Escreve uma mensagem